Eleitores de General Salgado terão que escolher novo prefeito

Atualmente a Prefeitura Municipal é comandada pelo presidente da Câmara Municipal.

Em sessão plenária realizada nesta quinta-feira (15), o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) fixou a data de 06 de outubro de 2019 para as eleições suplementares de General Salgado. O pleito será organizado pela 225ª Zona Eleitoral – Auriflama, que abrange o município.

Eleitos em 2016, o prefeito de General Salgado, Leandro Rogério de Oliveira (PR), e seu vice, Paulo César de Almeida (PR), foram cassados por abuso de poder econômico, consistente em entrega de vantagem indevida (combustível) a eleitores em troca de voto. A decisão do TRE-SP que manteve a cassação data de fevereiro passado.

Atualmente a Prefeitura Municipal é comandada pelo presidente da Câmara Municipal, o jornalista e empresário Adriano Eugênio Barbosa (Patriotas), que assumiu o cargo no dia 8 deste mês.

A cidade tem 8,1 mil pessoas aptas a votar, todas já com a biometria cadastrada. A eleição suplementar está regulamentada pela Resolução TSE nº 480/2019, que estabelece regras sobre convenções partidárias, registro de candidaturas e propaganda eleitoral, entre outros temas.

0 Comentários

    Deixe sua mensagem

    Login

    Bem-vindo(a)! Acesse sua conta

    Lembrar Esqueci minha senha.

    Lost Password